http://www.blogger.com/start
 

TECMATRÔNICA®

nosso propósito é inteiramente didático free hit counter
 
Relógio

Look! (visitem!)TECMATRÔNICA INFORMÁTICA

segunda-feira, 20 de julho de 2009

O que é um microprocessador ?

O que é um microprocessador ?


Um microprocessador é um circuito integrado construído numa fina peça de silício (wafer). Contém milhares, ou mesmo milhões, de transistores, que estão interligados por superfinos traços de alumínio. Os transistores trabalham em conjunto armazenando e manipulando dados de forma a que o microprocessador possa executar uma vasta variedade de funções úteis.


A evolução tem sido um fator constante no mundo dos microprocessadores. Poderemos constatar este fato, verificando que o primeiro microprocessador da Intel, o 4004, introduzido em 1971 continha 2300 transistores. Um dos mais recente processadores da Intel, o Pentium ® II contem 7.5 milhões de transistores.


Uma das aplicações mais comuns dos microprocessadores é em computadores pessoais. Mas a aplicação dos microprocessadores não está restrita aos PC's. Eles também são utilizados para dar "inteligência" a aparelhos que usamos no nosso dia a dia. Utilizando microprocessadores é possível adicionar funcionalidades aos nossos aparelhos domésticos, como por exemplo, realizar uma rediscagem automática em nosso telefone, desligar automaticamente um termostato de aquecimento, aumentar a segurança dos automóveis bem como a sua eficiência, etc.



1.2. Como funciona um microprocessador ?


Para explicar como funciona um microprocessador decidimos pegar num exemplo simples no qual vamos calcular a soma de 2 com 3.

Ao carregar na tecla 2, o microprocessador 'acorda' e manda um sinal à Unidade de Prefetch a pedir à memória pelos dados referentes à instrução visto que não existem estes dados na Memória de Instruções.

A nova instrução de dados chega ao microprocessador através da Unidade de Barramento vinda da memória principal e é guardada na Memória de Instruções, onde é designado o código "2=X".

A Unidade de Prefetch pede à Memória de Instruções uma cópia do código "2=X" e manda-a para a Unidade de Decodificação para processamento futuro.

Na Unidade de Decodificação a instrução "2=X" é traduzida ou decodificada para uma string de código binário que é mandado para a Unidade de Controlo e para a Memória de Dados a dizer-lhes o que fazer com a instrução.

Visto que a Unidade de Decodificação 'descobriu' que o número 2 era

para ser guardada para uma futura utilização na memória de Dados, a Unidade de Controle executa a instrução "2=X". Isto faz com que o número 2 vá para o endereço na Memória de Dados chamado "X", onde ficará à espera de ordens futuras.

Quando se carregar a tecla 3, ocorrerá um ciclo equivalente ao da tecla 2.

Quando se carregar a tecla "+", a Unidade de Prefetch pede à memória principal do computador e à Memória de Instruções por instruções sobre os novos dados, que devem ser lidos da memória principal.

Visto que esta é uma nova instrução, o "+" vem para o microprocessador da memória principal e fica guardado num endereço da Memória de Instruções como o código "X+Y=Z", mostrando que a operação de adição irá ocorrer.

A Unidade de Prefetch pede à Memória de Instruções por uma cópia do código "X+Y=Z" e manda-a para a Unidade de Decodificação para processamento futuro.

Na Unidade de Decodificação, "X+Y=Z" é traduzido ou decodificado para ser mandado para a Unidade de Controle e Memória de Dados a dizer-lhes o que fazer com a instrução. A ALU também recebe a mensagem de que uma função ADD irá ser realizada.

Na Unidade de Controle o código é dividido e o comando ADD é mandado para a ALU onde "X" e "Y" são somados depois de serem enviados da Memória de Dados. A ALU envia finalmente o valor "5" para ser guardado nos Registradores.

O MICROCONTROLADOR E SUAS CARACTERÍSTICAS

O MICROCONTROLADOR E SUAS CARACTERÍSTICAS

Microcontroladores

Antes de mais nada é preciso diferenciar um microcontrolador de um microprocessador, termos fáceis de serem confundidos apesar da grande diferença que há entre eles.

Um microprocessador é um circuito muito complexo, em forma de circuito integrado, que podem conter entre alguns milhares (Z80) a 7 milhões de transistores (Pentium II). Estes transistores internos constituem os mais diversos circuitos lógicos: como contadores, registradores, decodificadores, e centenas de outros. Estes circuitos lógicos são dispostos de maneira complexa, dando ao microprocessador a capacidade de executar operações lógicas, aritméticas, e de controle. A figura 1 nos da uma idéia de como é internamente um microcontrolador.


Diagrama de blocos da arquitetura interna de um microcontrolador.

Um microcontrolador é um circuito integrado que possui internamente um microprocessador e todos os periféricos essenciais ao seu funcionamento, como:

  • Memória de programa – geralmente uma memória do tipo EPROM (memória apagável de somente leitura), onde serão armazenadas as informações de programa, ou seja, o que o microprocessador deve executar;
  • Memória de dados – geralmente uma memória do tipo RAM (memória de acesso randômico), onde ficarão armazenadas as informações de dados que o programa ira utilizar, geralmente é utilizada para guardar um valor ou um flag;


  • Dispositivo de seleção de entrada e saída – faz a comunicação das posições de memória com os pinos externos do microcontrolador;


Dispositivo de I/O para o PIC 16C73.

  • Temporizadores e Contadores – utilizados para contar tempo ou contar eventos;


Diagrama de blocos de um temporizador/contador para PIC16C73

  • Clock – em alguns microcontroladores o gerador de sinal de clock é também acoplado ao microprocessador dentro do CI, ele tem a função de sincronizar todos os eventos de um circuito digital;


Exemplo de um circuito gerador de Clock externo.

  • Dispositivo controlador de interrupção – como o nome já diz, é este componente que controla os pedidos de interrupção para a CPU.


Lógica de interrupção de um PIC.

PIC 12C509

O PIC 12C509 é um microcontrolador de 8 bits. Este tipo de microcontrolador faz parte da família PIC 12C5XX que são baseados na evolução da família PIC 16C5X.

Performance

Este CPU possui uma alta performance RISC (conjunto de instruções restrito), que é totalmente controlada por somente 33 simples palavras de programação. Todas as instruções levam apenas 1m s para serem executadas, ou seja, 1 (um) único ciclo do clock interno do PIC 12C509, que é de 4MHz. Possui internamente uma memória de programa, do tipo EPROM, de 1024 x 12, e uma memória de dados, do tipo RAM, com 41 bytes.

PIC 16C73

O PIC 16C73 da Microchip, é um microcontrolador de 8 bits que pertence à família de microcontroladores PIC 16C7X, esta família possui internamente, além de todos os periféricos mencionados anteriormente, um conversor A/D (Analógico-Digital), o qual foi de vital importância para o CTU (controlador de temperatura e umidade).

Características internas do microcontrolador PIC 16C73

  • Controle total do microcontrolador com apenas 35 palavras de instrução, ou seja, com 35 mnemônicos é possível utilizar todas as funções do microcontrolador PIC 16C73 (todos os mnemônicos estão explicados detalhadamente no Anexo1);
  • Alta performance RISC (conjunto de instruções restrito);
  • Todas as instruções são executadas em um só ciclo de clock, ou seja, 200 ns para uma entrada de clock de 20MHz;


Relação entre o sinal de clock e o ciclo de instrução (cima). Exemplo de execução de uma instrução (de baixo).

  • Possui capacidade de interrupção, ou seja, sua rotina pode ser parada no instante que se necessitar;
  • Memória de programa (EPROM) de 4K x 14;
  • Memória de dados (RAM) 192 x 8 (192 bytes);
  • Conversor analógico/digital – em alguns microcontroladores mais poderosos, como o PIC16C73, existe, ainda, um conversor A/D, ou seja, um circuito que transforma um nível analógico em uma palavra digital.


Fluxograma da lógica de conversão A/D de um PIC16C73.


Diagrama de blocos do conversor A/D interno de um PIC16C73


Modelo de uma entrada de nível analógico.

Características Elétricas do PIC16C73

O PIC 16C73, em suas características elétricas, também não deixa à desejar. Possui total proteção contra sobre-carga e proteção contra brown-out, ou seja, quando o nível de tensão é baixo demais para a segurança de suas ações, ele auto desliga-se.

A tabela a seguir mostra suas características máximas e mínimas para cada porta.


Características elétricas do PIC16C73

ALGUNS DEFEITOS DE MONITORES

MONITOR ITAUTEC SVGA MODELO VID.COLOR 28I Problema: Monitor disparando a proteção interna(led de power piscando).
Em muitos monitores, o LED piscando significa um provável curto na alimentação após o transformador da fonte de alimentação chaveada.Em alguns monitores deste modelo foi constatado que o problema era causado pelo capacitorC523(4n7/1.6Kv)que altera sua capacitância para baixo provocando a queima do transitor de saída horizontal T502(BUH515) ficando este em curto.É necessário portanto a troca destes dois componentes.


MONITOR IBM MODELO 6543 Problema: Monitor sem imagem.Inicialmente ,

após aberto o monitor, verificou-se a presença de MAT e filamento aceso.Em seguida com a ajuda do osciloscópio detectamos a presença de sinal de vídeo na entrada do CI amplificador de RGB na placa de vídeo.Após aumentar o SCREEN no FLY-BACK apareceu uma linha vertical no centro da tela indicando que não havia sinal de deflexão na bobina horizontal.Olhando as soldas do conector de deflexão percebemos um ponto de solda fria neste conector.Refeita a solda o monitor passou a funcionar normalmente.

MONITOR SAMSUNG SYNCMASTER 3 Problema: Monitor não liga corretamente:sem alta tensão.
Ao ligar o monitor não se ouvia o indicativo de que o FlyBack estava
operando.Ao medir o transistor de saída horizontal Q402(2SC5149)
foi constatado que o mesmo estava em curto.Após medir todos os
componentes em torno de Q402 ele foi substituído e voltou a queimar.
Estudando novamente a placa (base de Q402) não estava presente o sinal
de chaveamento por conta da falta da tensão de 12V no circuito oscilador.
Na fonte estava a causa do problema:uma solda fria em B603 conforme mostra o esquema:

samsung cqa 4147 - :O monitor esta com funcionamento normal, so nao tem ajuste do contraste, alguem pode ajudar?
SOLUÇÃO 1: Verifique se o abl , se não atuar verifique tudo nesta linha!!! R434 VR406 ETC
se só o contraste não atua, verifique : D504 D502 D501 6V2 = TEM QUE TER 6 V NESTE ZENER, TEM??
VR502 = POTENCIOMETRO CONTRASTE VARIA NIVEL DC DE 1VA6V Q501 - TRANSISTOR DE CONTRASTE!!!
FAVOR INFORMAR RETORNO...
SOLUÇÃO 2: ..se voce checou o abl e o contraste esta atuando no pino
12 do lm 1203 de 1 a 7v....segue mais testes...voce checou o filamento; tá legal tem 6,5v???
este monitor demora vir o brilho e os caracteres quando é ligado???
voce pode estar com um tubo cansado; voce pode fazer
um teste de catodos RGB, colocando um resistor de 15K
3w dos catodos a massa, deverá ter as cores fortes com retraço!!!!
se tiver ok esses pontos de busca da etapa defeituosa. verifique o clamp gate no pino 14 do lm1203 deverá ter
uma onda quadrada vinda do ic 201!!!pino 7 o ci também é suspeito!!! lm1203n boa sorte e favor dar retorno..
SOLUÇÃO FINAL:
Com a substituição do IC 101 LM1203,o Monitor voltou a funcionar perfeitamente, muito grato pelas suas .

SAMSUNG CVM4967B:uma dica para monitor sansun cvm 4967b sem video com brilho atuando normal com o sinal de video entrando no ci lm 1203 mas nao sai o controle de contraste esta inoperante o pino que controla o contraste esta com 0,8v nao varia foi trocado o ci e pot. de contraste mas nao deu.

SOLUÇÃO FINAL: era o pot do ABL!

Sansung CVM4967: Botão do efeito almofada não funciona
SOLUÇÃO;Troque C207 .
Sansung CVP4237: Não liga e fusivel queima.
SOLUÇÃO: D601,D602,D603,D604,Q602 R602 .

Sansung CQB4147: imagem muito larga.
SULUÇÃO: D407 Q406 Q408 C417 R415 e soldas fria.

Sansung CVM4697: Rabo de cometa nos caracteres.
SOLUÇÃO: Ressoldar os comp. da placa RGB tem solda fria.
=
Sansung CQA4147: MAT muito alto desarmando o oscilador via x-ray protection.
SOLUÇÃO: Trocar C418 e checar Q408 .

Sansung CVP4967P: Demora pra vir o brilho, vem fraco e o ABL não atua.
SOLUÇÃO: Trocar o LM358 que fica perto do LM1203 .
Goldstar CQ4562: Largura em ecesso, tensão +B muito alta.
SOLUÇÃO: Q905 R930R933.
Goldstar: todos 14 e 15" Sem Foco e pouco brilho
SOLUÇÃO: trocar flyback ou adaptador de foco.
Goldstar 1425 plus: Não liga>
SOLUÇÃO: Trocar diodos D709,D910 ou curto ou aberto Q702.
Goldstar 1425 plus: Controles de largura e almofada não funcionam.
SOLUÇÃO: Trocar Q609 .
Goldstar chassis CA-25: Fonte sem partida Verificar.
SOLUÇÃO: D902, R916 e 917 .

Goldstar Chassis CA-25: Q706 esquenta e fonte não arma.
SOLUÇÃO: Trocar Flyback. .

Goldstar Chassis CA-25: Monitor sempre em Stand By.
SOLUÇÀO: Q907 e IC401.

Goldstar Chassis CA-25: Após algum tempo de funcionamento fica sem foco.
SOLUÇÃO: Trocar flyback ou adaptador de foco.

Microtec Mono EM-1417: Sem deflexão horizontal so uma linha.
SOLUÇÃO: Trocar C616 6,8uF/100V Bipolar.

AJV 1428NI

Defeito: Peguei o monitor com a tela totalmente escura. Resolvi então aumentar o screen e a imagem apareceu com um quadro bem estreito. Medi a fonte de 150V sobre o capacitor C812 e a mesma estava com apenas 80V. Examinando o capacitor C812 (100uf x 200V ) o mesmo estava com um de seus terminais um pouco frouxo e havia sinais de vazamento. Solução: Troquei C812.

MONITOR COMPAQ PRESÁRIO MODÊLO 462 DEFEITO: INOPERANTE ( Led frontal não sinalizava ) Verificando fonte primária foi constatado 152 volts chegando até o transformador ( chopper ) , mas sem tensão no secundário do mesmo. O zener 904 foi trocado por estar em curto mas o defeito persistiu. Testado Q908 e Q906 com mínima fuga entre coletor e base, mas por via da dúvida foram trocados, e felizmente o monitor funcionou.

FIVE STAR FT5015

Defeito: Imagem estreita, não ajusta a largura

Transistor Q 413 com junção aberta

Se não resolver o problema checar componentes ligados à base do mesmo.

IBM G50

Defeito: Imagem toda para a direita, ajuste de posição horizontal não atua

A imagem fica feia e indefinida, com muitas faixas escuras

Trocar os capacitores: C205, C225 e C351

Dúvida :

Tenho na minha assitencia um monitor ibm modelo g50 que chegou com muito brilho e linhas de retraco

Diminuí o screen no fly mas ficou sem controle de brilho e quando desliga aparece rapidamente um ponte luminoso forte no meio do tubo. ja testei o circuito de brilho mas nao achei nenhum problema.

Verifique R714 Tem que haver uma tensão negativa lá de cerca de uns - 40V Se não houver esta tensão o problema nessa malha.

O bulk ink

http://www.seteprint.com.br/loja/produtos/p_bulk%20ink%20epson%20CX5600CX5900X7300.gif http://www.inkprinter.com.br/lojavirtual/images/bulk_ink_c110.jpg http://www.inkprinter.com.br/lojavirtual/images/tinta_recarga_cartucho_impressora_bulk_plus.jpg O bulk ink nada mais é do que um cartucho acoplado a mangueiras que conduzem a tinta armarzenada externamente para a impressora e multifuncionais, para isso necessita de alguma técnica para se fazer isso, pois se você o fizer de qualquer jeito o sistema bulk ink não funcionará.
Como montar um bulk ink?

Para se montar um bulk ink em impressoras e multifuncionais Hp e Canon necessita basicamente de conduites para conduzir a própria tinta, a pressão da tinta no cartucho tem que ser constante, caso contrario irá vazar tinta dentro da impressora o que causará danos, muito das vezes irreparáveis e irreversíveis, outro ponto importante é o nível de tinta no reservatório externo que não pode ultrapassar o nível da altura do cartucho dentro da impressora.
http://www.bestjet.com.br/77_arquivos/bulk_ink_epson_TX200_TX400_2.jpg A medida que a tinta vai acabando, você tem que ir reabastecendo o reservatório de tinta, não deixando nunca a tinta acabar no reservatório, caso isso aconteça tem que refazer o processo da montagem tudo de novo. O tempo em média de um cartucho no sistema bulk ink é em média umas 20mil folhas, apartir, disso o cartucho começar a sair falhado com cores desbotadas.

A tinta influencia no processo?

A tinta é o que regula tudo, pois, com uma tinta de péssima qualidade o sistema irá entupir, ou mesmo não aparecer as cores fortes e vibrantes, como o do cartucho original. Por isso não economize com tinta pois lembre-se, você já estará economizando entorno de 90%, compre tinta de 1º linha para não te dar possíveis dores de cabeça.

O que é pressão no cartucho?

Pressão no cartucho é outra questão fundamental a ser obedecida, pois se o cartucho não estiver numa pressão certa, a tinta irá sair falhada ou mesmo derramar, o que alguns chamam de pressão piezo elétrica. A pressão influencia tanto quanto a qualidade da tinta, sendo um item fundamental a ser analisado com extrema cautela e paciência. Sendo ele um dos principais motivos de problemas no sistema bulk ink.

O sistema Bulk ink é viável?

Apesar de um monte de problemas que podem ocorrer, depois que se montar, compensa muito, porque você precisará apenas de tinta, não tendo que importar mais com cartucho, é recomendado o sistema bulk ink para quem imprime muitas páginas por dia, sendo viável economicamente acima de 50 folhas diárias, porque com a ausência de impressões a tendência é o cartucho cheio entupir, e com no mínimo 50 impressões diárias você consegue romper esse problema.

http://www.paintjet.com.br/images/bulk%20026.jpg

http://www.suprijetonline.com.br/Images/BULK_INK_Plotter_Epson.jpg

DEFEITOS EM IMPRESSORAS

Pessoal este tópico tem a intenção de reunir os defeitos mais comuns nas impressoras e suas soluções, vale lembrar que reúne a experiência vivida por vários técnicos , e que caso não funcione com voçê não quer dizer que não seje a dica, mas sim poderá existir outros defeitos.

-IMPRESSORA COMPAQ IJ 650 SÉRIES

Defeito:
IMPRIME COLORIDO PERFEITAMENTE, MAS O PRETO AS VEZES FUNCIONA E NA MAIORIA DAS VEZES NÃO

Solução: RESOLDAR O SOQUETE DO CABO FLAT NA PLACA LÓGICA.

-HP LASERJET 1100

Defeito:
Ao mandar uma impressão assim que a folha está quase terminando de sair totalmente da unidade fusora ela para e dá o erro de papel.

Solução: TROCAR O "Delivery Assy RG5-4593-000CN"

-HP PSC C3180

Defeito: Não reconheçe o cartucho

Solução:
Trocar o head drive (placa dos cartuchos)

- CANON S100

Defeito:
o carro para no meio, como se tivesse problema no cartucho.

Solução: Trocar a cabeça de impressão.

-EPSON LX 810

Defeito:
está imprimindo errado na segundo folha,isto é, esta imprimindo fora da marca do inicio do formulario continuo.

Solução: No XP, propriedades da impressora, mudar a configuração de papel carta para A4.

YOU TUBE

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget

Quase super busca

VIDEOS

manutenção em lap top CONSERTO DA CALCULADORA

O BLOG CRIADO PARA VC QUE GOSTA DE TECNOLOGIA

NOSSO PROPÓSITO É INTEIRAMENTE DIDÁTICO.

VALEU!!!